A Bandeira Nacional

História da Bandeira

No dia 15 de dezembro de 1889 proclama-se a república, com a substituição da bandeira do império pela primeira bandeira republicana. Hasteada na redação do jornal “A Cidade do Rio” e na Câmara Municipal, a nova bandeira de longe era uma cópia idêntica da bandeira americana. Insatisfeitos com essa cópia, os brasileiros abriram vagas para uma nova bandeira.

Bandeira Provisória

Bandeira Provisória

Então, quatro dias depois, Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, inspirados no desenho de Décio Vilares, projetaram a atual bandeira do Brasil.
O desenho da bandeira foi criado a partir da bandeira Imperial do Brasil, com uma pequena alteração no centro da bandeira, que, ao invés do símbolo real, desenharam uma esfera celeste com várias estrelas, uma faixa branca com os dizeres “Ordem e Progresso”.

Bandeira Imperial

Bandeira Imperial

Bandeira Nacional

Bandeira Nacional

No dia 24/11/1889, o autor deu uma entrevista ao Diário Oficial, alegando, entre outras coisas, que a posição das estrelas, na bandeira, obedecia a posição delas no céu da cidade do Rio de Janeiro, às 8 horas e 30 minutos do dia 15/11/1889, no qual, a Constelação do Cruzeiro do Sul, se apresentava verticalmente, em relação ao horizonte da cidade do Rio de Janeiro.
Muitas polêmicas vieram por causa dessa explicação, pois as estrelas foram desenhadas obedecendo mais à estética do que ao posicionamento astronômico, o observador desse céu estaria do lado de fora da esfera, vendo-a a partir do espaço cósmico. E, mais ainda: essa bola imaginária (o espaço celeste) teria todas as estrelas grudadas nela, com a terra situada em seu centro. Daí a polêmica. Consta também que a constelação do Cruzeiro do Sul estava, nessa hora exata, com o braço maior na vertical e no meridiano da cidade do Rio. Tanta discussão para algo bastante simples: o céu da bandeira nacional aparece do lado oposto de nossa visão aqui da terra.
A frase “Ordem e Progresso”, localizada na faixa branca que corta a esfera também tem uma história. Era parte de um dos lemas mais conhecidos do filósofo francês Auguste Comte (1798-1857), fundador do positivismo, que contava com numerosos seguidores no Brasil, entre eles o Professor Raimundo Teixeira Mendes o mentor da Bandeira Republicana.
No início, a bandeira tinha somente 21 estrelas. Em 1960 e 1962 foram adicionadas mais duas estrelas, correspondente aos novos estados da Guanabara e do Acre. Em 1992 mais quatro estrelas foram adicionadas, eram elas referentes aos estados de Tocantins, Amapá, Rondônia e Roraima.
O Estado de Guanabara foi extinto em 1975, e sua estrela passou a representar o estado de Mato Grosso do sul, cuja estrela não chegou a ser retirada da bandeira
Assim sendo, a bandeira atua tem 27 estrelas referentes aos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

Clique na imagem para ver em tamanho maior as constelações, estrelas e estados representados na bandeira Nacional:

Estrelas da Bandeira

Estrelas da Bandeira

O Selo e o Brasão das Armas:

O brasão das armas é um escudo redondo, pousado em uma estrela de cinco pontas, com o Cruzeiro do Sul ao centro e sobre uma espada. Há um ramo de café à direita e um de fumo à esquerda. Numa faixa sobre a espada, no centro, estão as legendas “República Federativa do Brasil”, à direita, “15 de novembro”, à esquerda, “de 1889”. Seu uso é obrigatório nos edifícios-sede dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União, Estados, Distrito Federal e municípios; quartéis militares e policiais; e nos papéis de expediente, convites e publicações oficiais de nível federal.

Brasão das Armas

Brasão das Armas

O selo é formado por um círculo representando uma esfera celeste, idêntica à da bandeira nacional, tendo em volta as palavras “República Federativa do Brasil”. É usado para autenticar os atos de governo, os diplomas e certificados expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas.

Selo Nacional

Selo Nacional

Curiosidades:

O Hino da Bandeira

O Hino à Bandeira surgiu de um pedido feito pelo Prefeito do Rio de Janeiro, Francisco Pereira Passos, ao poeta Olavo Bilac para que compusesse um poema em homenagem à Bandeira, encarregando o professor Francisco Braga, da Escola Nacional de Música, de criar uma melodia apropriada à letra. Em 1906, o hino foi adotado pela prefeitura, passando, desde então, a ser cantado em todas as escolas do Rio de Janeiro. Aos poucos, sua execução estendeu-se às corporações militares e às demais unidades da Federação, transformando-se, extra-oficialmente, no Hino à Bandeira Nacional, conhecido de todos os brasileiros.
Um trecho do hino:

Salve, lindo pendão da esperança,
Salve, símbolo augusto da paz.
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

As Cores da Bandeira:

– O Verde originalmente significava a cor da casa real de Bragança (a que D. Pedro I, proclamador da independência, fazia parte) e da casa Imperial Austríaca dos Habsburgos (família de dona Leopoldina, esposa de D. Pedro I). Hoje, há quem afirme que também representaria a riqueza das nossas florestas.
-O amarelo era a cor simbólica da dinastia dos Habsburgos. Poeticamente diz-se também ser a representação do Sol, que ilumina o Brasil a maior parte do ano. Também afirmam a representação do ouro brasileiro.
Curiosidade: – segundo alguns historiadores, o verde e o amarelo, combinados, simboliza a irmandade do Brasil com as nações africanas.
– CÍRCULO CENTRAL EM AZUL: simbolizando a esfera celeste, representaria também as grandes viagens marítimas dos portugueses; a história do cristianismo; e a mãe de Jesus, padroeira do Brasil e de Portugal.
– FAIXA BRANCA TRANSVERSAL: A verdade é que essa faixa só existe para inscrever os dizeres do lema “Ordem e progresso”, mas há quem acredite que simboliza o rio Amazonas, ou que esta faixa representa a eclíptica, ou o equador celeste ou o zodíaco.
As estrelas:
– Cada estrela representa um estado da federação
– Todas as estrelas têm 5 pontas
– As estrelas não têm o mesmo tamanho; elas aparecem em 5 (cinco) dimensões: de primeira, segunda, terceira, quarta e quinta grandezas. Estas dimensões não correspondem diretamente às magnitudes astronômicas, mas estão relacionadas com elas. Quanto maior a magnitude da estrela maior é o seu tamanho na Bandeira. Não há nenhuma relação com o tamanho do estado representado.
as estrelas da Bandeira são visíveis a olho nu de qualquer local do Brasil, embora em diferentes épocas do ano.

As Leis da Bandeira:

Obrigatoriamente a Bandeira Nacional é hasteada diariamente nos seguintes locais:

no palácio da Presidência da República;
nos edifícios-sede dos Ministérios;
nas casas do Congresso Nacional;
no Supremo Tribunal Federal e nos Tribunais Superiores;
nos edifícios-sede dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário dos Estados e do Distrito Federal;
nas Prefeituras e Câmaras Municipais;
nas repartições federais, estaduais e municipais situadas na faixa de fronteira;
nas missões diplomáticas, delegações junto a organismos internacionais e repartições consulares de carreira;
nas unidades da marinha mercante.

– A bandeira Nacional pode ser hasteada ou arriada a qualquer hora do dia ou da noite. Normalmente o hasteamento é feito às 8 horas e o arriamento às 18 horas, devido à claridade do dia. Somente no dia 19 de novembro, Dia da Bandeira, há um horário determinado para o hasteamento: às 12 horas, com solenidades especiais.

– Obrigatoriamente a Bandeira Nacional deve ser hasteada em dias de festa ou de luto nacional, em todas as repartições públicas, nos estabelecimentos de ensino e sindicatos.

– Nas escolas públicas ou particulares também é obrigatório seu hasteamento pelo menos uma vez por semana, durante o ano letivo.

– Durante a noite a Bandeira deve ficar sempre devidamente iluminada.

– Quando várias bandeiras são hasteadas ou arriadas simultaneamente, a Bandeira Nacional deve ser a primeira a atingir o topo e a última a dele descer.
– uma bandeira em mau estado de conservação não pode ser hasteada. Deve ser entregue a uma unidade militar para ser incinerada no dia 19 de novembro.
– a Bandeira Nacional fica permanentemente hasteada na Praça dos Três Poderes em Brasília. Quando for substituída, só é arriada quando a nova for hasteada.
– Não é permitido hastear bandeira de outro país em terras brasileiras se ao lado não estiver a Bandeira Nacional de igual tamanho e posicionada ao lado direito. A exceção é somente para embaixadas e consulados.

16 Respostas to “A Bandeira Nacional”

  1. Eu12 Says:

    Queria saber uma curiosidade do selo nacional.

  2. SAMALA Says:

    A BASMDEIRA NACIONAL É IMPORTANTE PARA TODOS

    BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ASS:SAMALA

    XAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

  3. josimar leandro nascimento Says:

    Estou a procura de legislação ou doutrina que aborde o uso de bandeira nacional ou estrangeira durante os cultos religiosos.
    Me foi uma grata surpresa o teor desta página visitada… parabéns!

  4. lucas Says:

    Quando e onde a bandeira pode ser hasteada???
    Quando e obrigatorio o hasteamento da Bandeira Nacional???

  5. amandadanielly Says:

    gosteiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  6. isaac Says:

    gostaria de saber se e permitido hasteala em casa

  7. lazaro Says:

    temos que ter calma para fazer isso

  8. arlete Says:

    gostei muito dos comentários esclareceu as minhas dúvidas

  9. Romário Says:

    Gostaría de saber se empresas privadas pode colocar mastro para hastear a bandeira nacional, se não quais são os procedimentos.
    desde ja agradeço.

    sem mais
    Romário

  10. oliver Says:

    La banière du Brésil comporte une erreur, Epsilon Cru est du mauvais coté.

    Sans aucun doute, s ‘agit il de la vision de Dieu lui même ,quant il regarde en direction du BRÉSIL

    Oliver.

  11. gabriela Says:

    gostei muito do site ,mas nao esta escrito o que representa o brasao de armas mas tudo bem, so espero que melhore

  12. jully anne Says:

    fautou o que representa o Brasão de Armas.Então bote para quando eu procurar eu encontro.ATENÇÃO.

  13. Ana Caroliny e Letícia Fernandes Says:

    seu site é muito informativo porem esta faltando algumas coisas

  14. carla Says:

    adoreeeeeeeeei o site mas eu nao achei tudo que eu queria , quando eu voutar por favor melhore . ha

  15. Vanessa Says:

    Achei o site muito imteressante e também muito educativo .

  16. Brasil Says:

    Gostei

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: